sete estratégias principais de captação de recursos através de geração de renda: licenciamento, fundos patrimoniais, alugueis, eventos, produtos, serviços e marketing de causa.        

planilha planejamento recursos

Estratégias de captação de recursos com geração de renda

Geração de renda é o conjunto de estratégias que geram resultados financeiros positivos para uma organização social a partir de uma atividade econômica desempenhada por ela.

Apesar de geração de renda ser a fonte menos conhecida de captação de recursos, especula-se que seja a maior responsável pela sustentabilidade das ONGs hoje no Brasil.

Estimativas apontam que até 2/3 dos recursos captados pelas organizações venham de alguma forma de geração de renda.

Confira com mais detalhes cada uma das 7 estratégias para sua ONG gerar renda:

Licenciamento 

A organização cria um personagem e escolhe empresas para venderem produtos com a imagem dele, pagando royalties.

Pontos positivos:

  • Recursos gerados são livres, ou seja, a organização escolhe como eles são gastos
  • Fonte de recursos recorrente. Os rendimentos de royalties são contínuos ao longo dos meses, não terminando ao fim de um projeto específico

Pontos negativos:

  • Organização precisa ter um personagem com grande apelo popular, como o Senninha, do Instituto Ayrton Senna, para que empresas queiram comercializar produtos com ele.
  • Tempo de maturação da estratégia é longo, pois trata-se de um negócio que exige planejamento e investimento massivos para gerar retorno.

Para que tipo de organização é recomendado?

  • Organizações grandes e estruturadas, com capacidade operacional de promover e controlar a venda de produtos licenciados por empresas parceiras.
  • Organizações com marcas muito reconhecidas pelo grande público.

Fundos patrimoniais 

Montante de recurso financeiro de propriedade da organização que é investido obedecendo a legislação específica. O rendimento do recurso é utilizado pela ONG.

Leia mais sobre captação de recursos com fundos patrimoniais.

Pontos positivos:

  • Recursos gerados são livres, ou seja, a organização escolhe como eles são gastos.
  • Estratégia que praticamente não custa tempo à organização depois de implementada, pois o recurso gerado vem a partir de juros de investimentos.

Pontos negativos:

  • Organização precisa ter capital suficiente para aportar no fundo e gerar, com rendimentos, valor significativo.
  • Estratégia exige requisitos técnicos que demandarão a contratação de especialistas.

Para que tipo de organização é recomendado?

  • Organizações que tenham acesso a uma grande quantidade de recursos para aportar no fundo.
  • Organizações estruturadas, com condições de contratar os profissionais necessários para conduzir esta estratégia (como gestores de fundo e advogados).

Aluguéis 

Recursos provenientes de imóveis de propriedade da organização, que são alugados para inquilinos.

Pontos positivos:

  • Recursos gerados são livres, ou seja, a organização escolhe como eles são gastos.
  • Estratégia que praticamente não custa tempo à organização depois de implementada, pois o recurso gerado vem a partir de juros de investimentos.

Pontos negativos:

  • Organização precisa ter capital suficiente para fazer a aquisição de um imóvel.
  • Estratégia exige que a organização saiba fazer a gestão de imóveis alugados ou que tenha uma assessoria especializada nesta gestão.

Para que tipo de organização é recomendado?

  • Organizações que tenham acesso a uma grande quantidade de recursos para comprar um imóvel.
  • Organizações estruturadas, com condições de contratar os profissionais necessários para conduzir esta estratégia (como gestores de imóveis e advogados). 
banner consultoria

Eventos 

Realização de eventos cuja renda é 100% revertida para a organização social. A doação, assim, depende do evento não dar prejuízo – o que, infelizmente é muito comum. 

Leia mais sobre captação de recursos com eventos.

Pontos positivos:

  • Recursos gerados são livres, ou seja, a organização escolhe como eles são gastos.
  • Estratégia de maturação rápida. Organização pode planejar um evento e ter sucesso com ele em apenas um mês, por exemplo.

Pontos negativos:

  • Estratégia de risco elevado. Requer planejamento minucioso e gestão exemplar de custos e de pessoas. Um contratempo pode gerar prejuízo financeiro e prejudicar a marca da organização.
  • Valores arrecadados com realização de eventos costumam não ser tão elevados em comparação a outras estratégias.

Para que tipo de organização é recomendado?

  • Estratégia democrática, pode ser utilizada por todos os tamanhos e tipos de organizações que se disponham a gastar o tempo – e eventualmente o recurso financeiro – necessário.
  • Organizações com ampla rede de contatos têm maiores chances de sucesso, pois um evento depende da adesão de muitas pessoas.

Serviços 

Prestação de serviços pela organização social, como consultoria ou aulas pagas.

Pontos positivos:

  • Recursos gerados são livres, ou seja, a organização escolhe como eles são gastos.
  • Pode não requerer muitos investimentos financeiros, afinal, a organização estará vendendo um conhecimento que já detém.

Pontos negativos:

  • Organização precisará ter estrutura suficiente para montar esta unidade de “negócios”, principalmente uma estrutura comercial para buscar clientes.
  • Organização precisa ter a capacidade de oferecer um serviço que desperte interesse no mercado de pagar por ele.

Para que tipo de organização é recomendado?

  • Organizações cuja atividade pode ser vendida. Um pré-vestibular comunitário, por exemplo, pode ter uma turma paga se seu ensino for de qualidade e os resultados comprovados.
  • Organizações com tempo e recursos para investir em unidades de negócios paralelas aos projetos.

Produtos 

Comercialização de produtos, que podem ser doados para a organização revender ou produzidos pela própria ONG.

Pontos positivos:

  • Recursos gerados são livres, ou seja, a organização escolhe como eles são gastos.
  • É uma fonte de recursos recorrente, pois enquanto a organização estiver vendendo produtos, estará gerando resultados financeiros positivos.

Pontos negativos:

  • Organização precisará ter estrutura suficiente para montar esta unidade de “negócios”, que é a venda de produtos, o que pode demandar investimento de tempo e recursos financeiros de seus integrantes.
  • Organização precisa ter, internamente, uma estrutura para produzir o que vai vender ou para recolher material de doadores e revendê-los.

Para que tipo de organização é recomendado?

  • Organizações que possam produzir – ou angariar – produtos que despertem interesse do mercado. Um pré-vestibular comunitário, por exemplo, pode vender apostilas se seu ensino for de qualidade e os resultados comprovados.
  • Organizações com tempo e recursos para investir em unidades de negócios paralelas aos projetos.
ferramentas gratuitas para organizações sociais

Marketing de causa 

Campanhas realizadas em parceria entre a organização e uma empresa. A empresa usa sua capacidade de gerar recursos e a ONG cede a imagem e o propósito.

Leia mais sobre captação de recursos com marketing de causa.

Pontos positivos:

  • Recursos gerados são livres, ou seja, a organização escolhe como eles são gastos.
  • Nome da organização é disseminado para um grande público ao longo da campanha, o que contribui para sua marca ficar mais conhecida.

Pontos negativos:

  • Organização precisar ter contato e proximidade com uma empresa que se disponha a fazer uma campanha em conjunto.
  • Estratégia de maturação lenta, pois envolve estreitar relacionamento com uma empresa, planejar uma campanha e executá-la.

Para que tipo de organização é recomendado?

  • Organizações com uma rede de contatos que inclua empresas com tamanho suficiente para gerar recursos a partir de campanhas em conjunto.
  • Preferencialmente organizações com uma marca conhecida do grande público, que tenham condições de gerar atração para a campanha e ganhos também para a empresa.

Uma última palavra sobre geração de renda para ONGs

A geração de renda por ONGs pode despertar certa confusão: como podem gerar renda organizações sem fins lucrativos?

ONGs podem desempenhar atividades econômicas e gerar resultados financeiros positivos. O que as ONGs não podem é DISTRIBUIR lucros. Mas podem, por exemplo, prestar serviços, vender produtos ou realizar eventos.

As estratégias para gerar este resultado financeiro positivo podem ser subdivididas em três grupos: renda passiva, dependentes de parceria e independentes.

Fundos patrimoniais e aluguéis são estratégias passivas. Uma vez que a ONG consiga implementá-las, geram recursos sem praticamente nenhum gasto de tempo. É um sonho – mas inacessível para maioria por depender de aporte inicial muito significativo.

Licenciamento e marketing de causa dependem de parcerias. Ambas estratégias só são possíveis se forem implementadas com uma empresa que atue na geração de receita.

Por fim, produtos, serviços e eventos são estratégias que dependem unicamente da organização social. Porém, ao contrário de fundos patrimoniais e alugueis, demandam gasto de tempo permanente. 

planilha planejamento recursos
0 respostas

Deixe uma resposta

Quer se juntar a discussão?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *