o que consideramos ser uma ONG de sucesso

Essa foi uma pergunta que me fiz nas mais de 500 visitas a ONGs de todo Brasil. Nas palestras sobre captação de recursos em quase todas as regiões do país. Ajudando as organizações a montarem seus planejamentos de captação de recursos.

Nas ONGs, o número não é tudo. Pode até ser enganoso.

Uma organização de atendimento direto de saúde tende a impactar menos pessoas (e a um custo mais elevado) que uma que capacita professores, por exemplo. E não dá para dizer, só por isso, que uma tem sucesso e outra não.

Então o que seria uma ONG de sucesso?

Na minha visão: ONG de sucesso é aquela que consegue cumprir bem sua missão no dia-a-dia.

A missão é aquilo para que a ONG foi originalmente criada. Sua alma. A razão de ser.

Algumas têm isso escrito. Outras não.

Se essa missão foi forte o suficiente para juntar as pessoas e é seguida no dia-a-dia, acredito  que a ONG está tendo sucesso.

Considerando isso, vou apresentar aqui as 4 características das ONGs que considero de sucesso:

planilha planejamento recursos

1. ONGs de sucesso são financeiramente sustentáveis

Na enorme maioria das vezes em que constatei que uma missão foi deixada de lado, havia uma raiz comum: falta de recursos financeiros!

Sem recursos, a ONG acaba aceitando projetos fora da sua causa, perde pessoas importantes e vira um ambiente estressante, a ponto de minar o prazer diário.

E tudo isso vai afastando mais e mais a ONG da sua missão.

Por isso, é MUITO DIFÍCIL se manter na sua missão se mês após mês, ano após ano, a ONG não sabe como vai pagar o aluguel seguinte.

O que fazer para alcançar esta característica?

Ateste o estágio de maturidade da sua ONG na captação de recursos e comece já a agir para subir nesta cadeia.

Não tem um responsável pela captação? Promova um.

Não tem um orçamento anual? Crie um.

Não tem um planejamento da captação de recursos? Elabore o primeiro.

É muito difícil ser financeiramente sustentável sem estes elementos e é muito difícil cumprir sua missão sem ser financeiramente sustentável.

2. ONGs de sucesso constroem relações de longo prazo

Poucas coisas são mais destrutivas para construção de relações de longo prazo do que jogar repetidamente uma foto triste em grupos de whatsapp com um PIX e um pedido de ajuda.

Por trás desse comportamento está uma mentalidade de pedir-pedir-pedir que muito provavelmente gerará escassez no longo prazo e o desvio da missão.

O contrário disso são organizações que buscam não só pedir, mas fortalecer suas redes e ajudar todo ecossistema.

Isso independentemente do tamanho e de quanto captam.

ONGs transparentes e prestativas com o doador, sejam grandes doadores ou de valores menores, que firmam parcerias ganha-ganha e compartilham conquistas geram valor e constroem relações de longo prazo

Essa rede é o que vai trazer abundância e dar suporte para manter a missão em prática no dia-a-dia.

O que fazer para alcançar esta característica?

Por ser uma característica menos objetiva, não é tão fácil dar uma dica sobre ela.

Mas uma pergunta boa a se fazer é: há doadores que estão com você há anos? Ou eles vão e vem aleatoriamente?

Se você praticamente não tem doadores de longo prazo, vale começar a pensar sobre a mentalidade que move as relações construídas pela sua organização! Porque ninguém dura?

banner consultoria

3. ONGs de sucesso GERAM IMPACTO EFETIVO

Sua ONG é realmente necessária e realmente gera impacto social positivo? Posso te dizer com certa tranquilidade que milhares de ONGs não sabem responder a essa pergunta.

Sabe porque? Porque elas não medem impacto.

As demandas operacionais do dia-a-dia são tão grandes que não há tempo para pensar sobre o que está sendo feito. Nem medir.

Por isso, provavelmente há milhares de ONGs que existem sem causar um impacto significativo. Que se concentram fundamentalmente em sobreviver no próximo mês e usam os poucos recursos de forma pouco efetiva.

Sem gerar impacto efetivo, não estão cumprindo suas missões.

O que fazer para alcançar esta característica?

Meça seu impacto!

Crie projetos de captação de recursos e faça pelo menos três métricas de impacto claras, com números, que te permitam medir em um período pré-determinado se você está alcançando seus objetivos.

Sem isso você não tem como saber o impacto que realmente está causando – muito menos SE está causando algum.

4. ONGs de sucesso contam com pessoas comprometidas

Uma coisa que rapidamente aprendi apoiando projetos sociais é que, no fim das contas, sempre são pessoas.

A ONG mais conceituada do mundo com pessoas pouco comprometidas vai provavelmente começar a perder o rumo – e a missão – em breve. Uma ONG pequena e desconhecida com pessoas engajadas está cumprindo sua missão e fazendo um belo papel.

Ter as pessoas “certas” é especialmente complexo no terceiro setor, pois a parte salarial raramente é um atrativo (na verdade é quase sempre o oposto).

Mas é fundamental. No fim, estamos falando sempre de pessoas. E uma Associação, vale lembrar, tem esse nome porque é um conjunto de pessoas associadas.

O que fazer para alcançar esta característica?

Você com certeza não atrairá pessoas engajadas pelo salário. Não é assim que as ONGs costumam ser atrativas.

Mas há elementos que você pode oferecer para que sua ONG seja atrativa:

  • Crie um ambiente de trabalho leve em que as pessoas queiram estar
  • Tenha ética em todos os processos e faça as pessoas terem orgulho de fazer parte
  • Mostre internamente o impacto que está sendo gerado. Afinal, é para isso que todos estão ali
  • Mantenha-se fiel à sua missão. Essa é sua identidade e o que te torna atraente!

E ai, curtiu estas quatro características? Sucesso no terceiro setor não é quantidade de dinheiro captado nem quantidade de pessoas impactadas! Essa “conta” é bem mais complexa. E tenho certeza que você consegue chegar lá!

ferramentas gratuitas para organizações sociais
0 respostas

Deixe uma resposta

Quer se juntar a discussão?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.